Como melhor aproveitar a sua área gourmet?

A Área Gourmet vem se tornando um espaço cada vez mais apreciado pelas pessoas, uma vez que permite, de uma forma mais aconchegante e descontraída, juntar a família e amigos em torno do ambiente onde esta sendo preparada a refeição.

Caso ainda não tenha o seu espaço e esteja considerando essa opção, segue abaixo algumas dicas que separamos para você visando uma melhor utilização e aproveitamento do espaço:

Utilize peças versáteis

Alguns itens de decoração podem ter funções variadas. Bancos e pufs, por exemplo, podem servir ao mesmo tempo como assentos ou mesas e apoios, dependendo da necessidade. Essas peças podem também ser facilmente removidas caso tenha qualquer problema de espaço.

Deixe o ambiente natural

Plantas e vasos ajudam a dar leveza ao ambiente e torná-lo mais fresco e descontraído. Portas de vidro permitem uma melhor visão externa, além de uma menor ruptura no ambiente e telhas vazadas permitem a entrada de iluminação natural, dando a sensação de amplitude. A utilização de painéis / móveis de madeira e pedras naturais na parede ou tijolos expostos são também ótimas opções para tornar o ambiente mais natural e rústico.

Faça um bom planejamento

Conte com o auxílio de um bom profissional, como arquiteto e design de interiores, que serão capazes de valorizar todos os espaços disponíveis. Instale os pontos de hidráulica e elétrica para maior comodidade e evitar problemas posteriores.

Use o seu espaço em todas as estações

Se o seu espaço tiver sacada, pode ser uma opção fechá-la com vidro, garantindo o seu uso em dias de chuva. Para os dias de frio, o seu espaço gourmet pode ser utilizado para o preparo de comidas mais quentes, como caldos, e uma lareira pode servir como uma bela saída.

A tijopark trabalha com materiais diversos para a construção de espaços gourmet e conta com profissionais qualificados para dar o melhor suporte possível. Contate-nos e saiba como podemos ajudá-lo.

Erros na hora de preparar o seu churrasco

Todos sabemos que todo brasileiro é ávido por um bom churrasco, mas isso não torna todos um mestre churrasqueiro. Um bom churrasco é como uma arte, precisar ser estudado, trabalhado e aperfeiçoado.

Segue abaixo alguns erros mais comuns nos churrascos para que você possa evitá-los e tornar a sua experiência ainda mais prazerosa:

 

Tempero:

Maneire no sal, pois em excesso pode tirar a água da carne, deixando-a mais seca e menos suculenta. Carner como costela e asas de frango, por exemplo, também se dão bem com outros tipos de tempero, não tenha medo de variar.

Ponto da carne:

Peças com cortes alto devem ser servidas com o interior mal passado, para evitar ficarem secas e sem sabor. Caso prefira carnes bem passada, opte pelos cortes mais finos.

Altura de preparo da carne:

A distância ideal do fogo para peças que vão ser apenas grelhadas é de 15 centímetros. Para peças maiores, que precisam de mais tempo no fogo, a distância ideal seria entre 40 e 60 centímetros. Nessa hora, vale sempre lembrar de uma regra: quanto maior a peça, mais distante do fogo ela deve ficar, para que seja assada corretamente.

Companhia:

É sempre melhor preparar o churrasco com ajuda de outra pessoa. Enquanto um cuida da carne na grelha o outro prepara os acompanhamentos, limpa o espaço e corta a carne, evitando com que a carne no fogo fique desassistida e mal preparada.

Corte da carne:

Cada tipo de carne exige um cuidado diferente em relação ao corte e preparo, que deve sempre consider a direção das suas fibras a fim de se preservar a sua suculência.

Lembre-se, um bom churrasco necessita de técnica, paciência e trabalho em equipe para que tudo fique mais saboroso. Esperamos que nossas dicas tenham sido úteis e aguardamos o seu convite para o próximo churrasco.

 

Até a próxima publicação!

Variedade para o seu churrasco

Em meio a tantas opções, uma dúvida é muito comum entre os churrasqueiros de plantão: Qual a melhor carne para o churrasco? Não existe um consenso ou opção única, já que isso também depende de gosto pessoal e orçamento, mas separamos algumas carnes que são certamente bastante populares e que ajudarão a variar o seu cardápio:

 

Picanha

A inconfundível, insubstituível e incomparável rainha do churrasco! Pode ser  temperada só com sal grosso ou com outros condimentos como pimenta do reino e alho. Sua polêmica gordura certamente ajuda a realçar o sabor e é muito bem-vinda mal passada também.

Costela

Esta é uma boa opção para um churrasco mais elaborado, aceitando temperos mais preparados. Por conta de suas fibras grossas e compridas, necessita de um tempo maior de cozimento. Caso tenha tempo e a intenção seja curtir o momento com a família e amigos, aposte na costela.

Maminha

Essa é uma das partes do boi com maior concentração de gordura, tornando a carne macia, saborosa e suculenta. Pode ser preparada no espeto ou na grelha e para que não se altere o seu sabor, cuidado para não deixar passar muito do ponto.

Asinhas de Frango

Sucesso entre a garotada por conta do sabor mais suave e crocrante, sugerimos o seu preparo com temperos mais leves e agridoce. Uma das vantagens dessa carne é a de absorver bem qualquer tipo de ingrediente e poder ser assada de várias formas, como no forno, na grelha e no espeto.

Linguiça

É sempre uma forte opção devido ao seu baixo custo, disponibilidade e praticidade no preparo. Existem vários tipos de linguiça, com a Toscana assumindo a primeira posição nos nossos churrascos. Ela é feita 100% de carne de porco, adicionada de temperos e condimentos, já vindo pronta para ser assada.

 

Estas são apenas algumas opções dentro do fantástico universo do churrasco. Acompanhe o nosso blog e fique por dentro de outras dicas nas próximas publicações.

Como fazer bonito no seu churrasco?

O Churrasco é sem dúvida uma das grandes paixões do povo brasileiros, não só por causa do irresistível sabor, como também pelo poder que tem de juntar a família e amigos em torno de um interesse mais que comum. Não é a toa que ele seja provavelmente a maneira mais brasileira de festejar a vida, estando presente nas mais diversas ocasiões como comemorações de aniversário, formaturas, jogos esportivos ou simplesmente um almoço de domingo.

Uma outra grande característica do churrasco é que ele é bastante versátil e democrático, cabendo em diferentes orçamentos, atingindo os mais variados públicos e podendo ser algo bastante espontâneo ou muito bem elaborado.

 

Porém, para fazer bonito, é preciso alguns critérios. Confira abaixo algumas dicas que preparamos para deixar o seu churrasco ainda mais gostoso:

 

– Seja criterioso na hora de comprar e temperar as carnes, não são todas que irão te dar um bom resultado de sabor e maciez.

– Além da carne de qualidade é preciso se atentar ao corte e a espessura, pois cada tipo exige um tipo diferente de preparo e um ponto ideal.

– Outras questões mais técnicas como a brasa certa para assar e o tipo de churrasqueira também interferem na qualidade do churrasco, uma vez que alguns cortes de carne podem ser melhor aproveitados se preparados de um modo mais adequado.

– Churrasco não é apenas carne bovina. As carnes suínas, frangos e linguiças, por exemplo, também são muito bem-vindoas e ajudam a variar o cardápio.

– Alguns países utilizam molho para temperar a carne, mas para o brasileiro o sal grosso na maiora das vezes basta, tratando-se de carne bovina. O importante, caso opte pelo sal grosso como tempero, é não deixar a carne submergida por longas horas, pois isso a desidrataria e faria com que perdesse a maciez.

– O churrasco não se resume à carne em sim, acompanhamentos como vinagrete e farofa combinam com todo tipo de carne e também caem no gosto popular brasileiro.

 

Esperamos que com essas dicas o seu churrasco fique muito mais saboroso. Acompanhe o nosso blog semanalmente e fique por dentro das nossas dicas.